menu

Topo
Blog do Marcio Atalla

Blog do Marcio Atalla

Categorias

Histórico

Menos tablet: para frear a obesidade infantil vale limitar o tempo de tela

Marcio Atalla

28/06/2018 04h00

Crédito: iStock

Quer conhecer um dado bastante dramático? Hoje, uma a cada três crianças brasileiras é obesa. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), apenas 20% delas brincam ou se movimentam o mínimo recomendado, que é de cinco vezes na semana, por pelo menos 1 hora.

Se na minha época de criança eu brincasse apenas 1 hora por dia, era porque certamente estava de castigo. Eu diria que hoje se você tira qualquer tela da frente de uma criança e mandar ela brincar com amigos ou se movimentar, ela vai achar que aquilo é o castigo.

Embora hoje esses dados sejam bastante preocupantes, isso não é novidade. Estudos da década de 80, quando não havia nem computador nas casas das famílias, muito menos tablets e celulares, já relacionavam o tempo gasto em frente a TV com o crescimento da obesidade.

Crianças que ficavam mais de 5 horas ao dia assistindo à TV tinham prevalência de obesidade duas vezes maior se comparadas a crianças mais ativas. Sem contar que o estímulo da TV acabava levando ao maior consumo de salgadinhos prontos do que de frutas e alimentos naturais.

As telas são móveis e democráticas, não tem horário para começar nem acabar, basta um clique para assistir ao que quer, jogar o que quer, por quanto tempo desejar.

Na Coreia do Sul, onde estive recentemente gravando meu documentário, eles já tratam 2 horas por dia como sendo tempo excessivo de tela e, por isso, já existem centros de prevenção e tratamento ao vicio nesses aparelhos. Lá, 90% das casas têm banda larga. Imaginem se aqui no Brasil fosse igual?

Por isso, os pais devem assumir o controle da situação, limitando o tempo gasto em frente as telas. Excluir e proibir não é o caminho, o ideal é mostrar outras formas de diversão, incentivar, não apenas com discurso, mas com exemplo também, sendo um adulto fisicamente ativo e saudável, propondo atividades recreativas e com movimento em família.

Aqui, diferentemente da Coreia do Sul, essa reação deve partir dos pais, de dentro das casas. Infelizmente, um programa público de prevenção à obesidade e redução do tempo de tela não está nas prioridades de nossos governantes.

No canal BemStar hoje, eu tiro as dúvidas mais variadas dos nossos assinantes, participe e mande sua! https://www.youtube.com/watch?v=SJCKpvCzzFo

Até!!

 

Sobre o autor

Marcio Atalla é professor de educação física, com pós-graduação em nutrição pela USP (Universidade de São Paulo). Depois de muitos anos como preparador físico de atletas de alto rendimento, passou a desenvolver uma série de iniciativas na mídia para incentivar a população a levar uma vida mais saudável. É autor de três livros, entre eles, “Sua Vida em Movimento” (ed. Paralela), com mais de 50 mil cópias vendidas.

Sobre o blog

Dicas simples e muito eficazes para você ajustar seu estilo de vida aos poucos, começando a se movimentar mais e a fazer melhores escolhas alimentares. Detalhe fundamental: todas baseadas em estudos, sem espaço para mitos e modismos que sempre surgem quando o assunto é saúde e bem-estar.