PUBLICIDADE

Topo

Histórico

Categorias

É verdade que tomar anti-inflamatório anula o treino de força?

Marcio Atalla

12/03/2020 07h47

iStock

Na pergunta da semana, a Ana Cristina diz o seguinte: "Faço musculação já faz alguns anos e somente agora estou vendo resultados concretos. Mas por um problema dentário estou tendo de tomar anti-inflamatórios. Me disseram que esse tipo de remédio anula os efeitos da musculação e que não adianta treinar enquanto estiver tomando. É verdade? Gostaria muito que você me respondesse pois confio muito na sua resposta. Obrigada." Se você também tem alguma dúvida, mande para o e-mail vivabemuol@uol.com.br.

Oi Ana, eu que agradeço a confiança. Confesso que nunca tinha escutado falar sobre isso e tive que dar uma pesquisada e conversar com amigos médicos sobre o assunto.

Na verdade, existem duas possibilidades que acho que talvez tenham levado seu dentista ou outras pessoas a dizerem isso. A primeira é quando a pessoa está treinando em excesso e acaba sentindo dores extremas e passa a usar anti-inflamatórios para seguir com o treinamento. Nesse caso, a concorrência entre o remédio e o estímulo da atividade física acontece. Mas estamos falando de pessoas que estão procurando performance, estão no limite e estão usando o medicamento de forma errada, para mascarar a dor e o desconforto. Isso é bastante prejudicial, já que a dor é sempre um sinal para que tenhamos atenção aos nossos limites.

No seu caso, você esta fazendo um tratamento dentário e precisa usar o medicamento. Isso é necessário. Sua musculação, pelo que parece, não tem objetivos mais competitivos e de performance, então, não há porque deixar de fazê-la. Os ganhos podem até sofrer algum prejuízo, mas ainda é mais importante que você faça suas atividades, que siga colocando seu corpo em movimento.

Inclusive muitos desses medicamentos podem provocar retenção de líquido, e seria ainda mais interessante que você não parasse suas atividades para que sua drenagem e sua circulação continuem sendo beneficiadas com a atividade física.

Tente, nessa fase inclusive, dar uma atenção maior às atividade aeróbias, como caminhada, corrida e natação. Combine as duas para que você possa ter ainda mais benefícios e anular os efeitos colaterais dos medicamentos.

Desejo a sua melhora e que o tratamento seja um sucesso!

No vídeo de hoje eu vou responder a uma outra pergunta: "Engordei 2 quilos em 1 dia, é possível isso?" Confere a resposta!

Até!

Sobre o autor

Marcio Atalla é professor de educação física, com pós-graduação em nutrição pela USP (Universidade de São Paulo). Depois de muitos anos como preparador físico de atletas de alto rendimento, passou a desenvolver uma série de iniciativas na mídia para incentivar a população a levar uma vida mais saudável. É autor de três livros, entre eles, “Sua Vida em Movimento” (ed. Paralela), com mais de 50 mil cópias vendidas.

Sobre o blog

Dicas simples e muito eficazes para você ajustar seu estilo de vida aos poucos, começando a se movimentar mais e a fazer melhores escolhas alimentares. Detalhe fundamental: todas baseadas em estudos, sem espaço para mitos e modismos que sempre surgem quando o assunto é saúde e bem-estar.

Blog do Marcio Atalla