PUBLICIDADE

Topo

Histórico

Categorias

Mesmo em casa, idosos devem manter-se ativos, física e mentalmente

Marcio Atalla

26/03/2020 04h00

iStock

Muitos estão preocupados com as consequências da covid-19, no setor da economia, sociedade… eu também estou, e bastante! Mas como meu assunto é saúde, é nisso que sou especialista, trago a minha preocupação com relação à saúde dos mais idosos, aqueles que deveriam estar "trancadinhos" em casa… mas que não estão.

Bem, primeiramente eles não estão se resguardando e temos visto bastante idosos aproveitando esse tempo de ruas vazias para passear. O que seria ótimo, se não fosse a grande possibilidade de eles serem infectados pelo vírus, e de serem casos fatais.

A caminhada para os idosos é um dos melhores exercícios para manter a saúde e a autonomia, para ajudar a manter o coração funcionando bem, o equilíbrio, a propriocepção, enfim, uma série de coisas. Mas vamos deixar para caminhar depois que tudo isso passar!

Igualmente importante é que os mais velhos trabalhem os músculos, e isso pode e deve ser feito em casa. Exercícios de agachamentos ou mesmo sentar e levantar da cadeira, repetidas vezes. Pegar uma garrafa de água e suspender em várias direções, para frente, para o lado, para cima dos ombros.

Para as idosas que fizeram balé, fazer alguns passos, como pliê (flexão das pernas), o elevamento (ficar na ponta dos pés com apoio de alguma cadeira). Que tal colocar uma música alegre e dançar? Movimentar o corpo por alguns minutos, não precisa ser nada muito intenso nem muito longo. Uns 15 minutos, ou quem sabe, o que seria até melhor, dividir em 3 etapas de 10 minutos cada, ao longo do dia?

E por que principalmente os mais velhos devem fazer isso? Porque a inatividade física a partir dos 60 anos é muito prejudicial à saúde. A covid-19 vai passar, mas vão ficar seus legados: aumento da osteoporose, perda de massa magra e óssea, perda da autonomia, depressão, maior chance de desenvolver demências. E esse pacote não está nada bonito. E não vai passar tão rápido também. O estrago feito na saúde depois de uma certa idade é de difícil contorno.

Por isso é tão importante que se converse com os mais idosos. Filhos e netos, cuidem de seus velhinhos, mostrem a eles o quão importante é que eles fiquem em casa, mas mantenham-se ativos, física e mentalmente, sem se expor ao perigo maior, que AGORA, é o vírus, mas que mais para frente podem ser outros.

Nesse link tem uma aula para fazer em casa, que os idoso vão curtir também!

Até!

Sobre o autor

Marcio Atalla é professor de educação física, com pós-graduação em nutrição pela USP (Universidade de São Paulo). Depois de muitos anos como preparador físico de atletas de alto rendimento, passou a desenvolver uma série de iniciativas na mídia para incentivar a população a levar uma vida mais saudável. É autor de três livros, entre eles, “Sua Vida em Movimento” (ed. Paralela), com mais de 50 mil cópias vendidas.

Sobre o blog

Dicas simples e muito eficazes para você ajustar seu estilo de vida aos poucos, começando a se movimentar mais e a fazer melhores escolhas alimentares. Detalhe fundamental: todas baseadas em estudos, sem espaço para mitos e modismos que sempre surgem quando o assunto é saúde e bem-estar.

Blog do Marcio Atalla