menu

Topo
Blog do Marcio Atalla

Blog do Marcio Atalla

Categorias

Histórico

Sedentarismo mata, e eu já venho dizendo isso há um tempo...

Marcio Atalla

06/09/2018 04h00

Crédito: iStock

Há alguns anos venho falando sobre estilo de vida, necessidade do movimento físico no combate e prevenção de algumas doenças, no fato de ser a atividade física regular a melhor, além de mais fácil e barata, medicina preventiva.

Acho que hoje, depois de algum tempo, consegui me fazer ouvir por muitas pessoas, e percebo que há um movimento em prol dessa mudança do estilo de vida em muitos grupos, empresas, cidades etc.

Viajei para vários lugares do mundo durante esse ano, procurando entender como as pessoas vêm pensado esse assunto, e como estão tentando resolver o problema que é o sedentarismo hoje.

Essa semana, mais precisamente ontem, fomos novamente nocauteados pelos números de sedentarismo no Brasil e no mundo. E a noticia não é nada boa. O Brasil é o país mais sedentário da América Latina. Quem lê essa informação pode pensar: "Mas eu não sou sedentário, eu trabalho, estudo, etc.". Então, vamos entender melhor…

Comportamento sedentário é caracterizado pelo baixo ou nenhum movimento físico. Ser uma pessoa sedentária significa não fazer o mínimo de movimento físico recomendado pela Organização Mundial da Saúde –órgão que trouxe esses números assustadores. E para a OMS o mínimo não é muito assim. Seriam dar cerca de 10 mil passos, o que equivaleria a mais ou menos 7 km ao longo de todo o dia. Parece muito? Caminhávamos esse tanto na década de 1970 sem nem perceber.

Outra opção seria fazer 150 minutos de atividade física aeróbica moderada por semana, o que dá uns 30 minutos 5 vezes por semana, ou ainda 75 minutos de atividade vigorosa por semana, o que daria, cerca de 15 minutos em 5 dias da semana. Ou seja, nada muito complicado, apenas uma questão de querer, de tomar a decisão.

Mas é isso… Temos 47% dos brasileiros, com idade acima 18 anos, que não fazem nem esse mínimo recomendado. No mundo, somos 1,4 bilhão de pessoas sedentárias, ou seja, um quinto da população mundial correndo risco de desenvolver doenças cardiovasculares, diabetes, demência e câncer pela inatividade física. Sim, está comprovado que a falta de atividade física é fator de risco para o surgimento dessas doenças. E por mortes prematuras ou por muitos anos tomando medicamentos, de internações hospitalares e uma sobrevida com baixa qualidade.

Por isso, eu escrevo, falo e quero sempre espalhar ainda mais a notícia por aí: sedentarismo mata! E deixar de ser uma pessoa sedentária é apenas uma questão de querer, sim. Qual pessoa saudável não consegue fazer uma caminhada vigorosa de quinze minutos, durante cinco dias na semana? Ou não consegue trocar uma escada rolante ou um elevador por uma escada convencional? Quem não consegue doar cinco minutos do dia para sua própria saúde não quer viver mais e nem melhor.

No vídeo de hoje do canal BemStar, vou tirar várias duvidas sobre atividade física, para quem já decidiu sair dessa estatística e quer mudar o futuro dessa história!

Confere lá e até!!

Sobre o autor

Marcio Atalla é professor de educação física, com pós-graduação em nutrição pela USP (Universidade de São Paulo). Depois de muitos anos como preparador físico de atletas de alto rendimento, passou a desenvolver uma série de iniciativas na mídia para incentivar a população a levar uma vida mais saudável. É autor de três livros, entre eles, “Sua Vida em Movimento” (ed. Paralela), com mais de 50 mil cópias vendidas.

Sobre o blog

Dicas simples e muito eficazes para você ajustar seu estilo de vida aos poucos, começando a se movimentar mais e a fazer melhores escolhas alimentares. Detalhe fundamental: todas baseadas em estudos, sem espaço para mitos e modismos que sempre surgem quando o assunto é saúde e bem-estar.