menu

Topo
Blog do Marcio Atalla

Blog do Marcio Atalla

Categorias

Histórico

Corpos sarados e suados a que custo? Saiba os perigos dos anabolizantes

Marcio Atalla

24/01/2019 04h00

Crédito: iStock

Existe um uso seguro de hormônios sintéticos, seja para hipertrofia, seja para qualquer outro motivo que não esteja ligado à saúde? Muitas pessoas me perguntam sobre esse assunto. Eu sou da linha tradicional, que tenta consumir o que precisa através dos alimentos mesmo, da comida, e que evita fazer complementação ou suplementação alimentar em capsulas. Mas nem todos conseguem. Ou querem.

Muitas vezes, o desejo de ser mais forte, mais magro, mais bonito, mais jovem, leva as pessoas a buscarem a "ajuda" dos sintéticos. Algumas vezes, as pessoas até precisam de um tratamento porque há deficiência nas dosagens. Existe até uma margem em que se pode trabalhar, segundo alguns médicos, para melhorar os níveis de testosterona, progesterona, hormônios da tireoide, GH, por exemplo, para adolescentes que tem crescimento comprometido, etc. Mas, nada pode ser feito de forma negligente e sem um acompanhamento médico sério.

Gosto de usar uma analogia para falar sobre esse assunto. Imagine que você chega a uma praia e lê a seguinte placa: PERIGO, TUBARÃO! O que isso significa? Que o tubarão vai te pegar de qualquer forma? Ou que você precisa nadar até o fundo pra ele te pegar? Ou quem sabe, mesmo que você nade, ele esteja de barriga cheia, e não queira te comer? Na verdade há o risco, mas o tamanho dele, vai variar de acordo com a sua forma de reagir ao sinal de perigo. O uso de hormônios quando você tem seus exames e taxas todas dentro da normalidade, é um perigo. O risco aumenta à medida que você faz uso em maior quantidade, por tempo indeterminado, até mesmo sem consultar um médico.

E que riscos são esses? São muitos… O famoso anabolizante ou esteroide anabólico pode causar danos irreversíveis em homens e mulheres. Desde coisas simples como acnes, passando por queda de cabelo e chegando a mudança da voz na mulher, impotência no homem. Há também um grande problema que ocorre com o coração, as paredes desse músculo vão se tornando mais espessas, o que origina em fibrose, e que por sua vez, dificulta a passagem do sangue. O uso de anabolizantes também está ligado a tumores no fígado.

Fazer reposição de testosterona é diferente de usar anabolizantes. As quantidades e as maneiras de se fazer a reposição são bem diferentes. A reposição de testosterona é indicada em casos de hipogonadismo, que é a baixa produção do hormônio. Porém, fazer reposição com anabolizantes se restringe a uma pequena parcela de pessoas, em quadro bem críticos. Seriam pacientes muito debilitados, com enorme perda de massa magra, óssea, inanição.

Para pessoas saudáveis, eu sempre indico simplesmente levar uma vida saudável. Pra que mexer no que Deus fez com tanta perfeição? Essa máquina maravilhosa e super inteligente que é nosso corpo humano. Dê a ele apenas movimento diário, um pouco de respeito evitando qualquer tipo de excesso, atenção na hora de se alimentar, e o melhor: cuca fresca e amor próprio para curtir a vida com saúde!

E no vídeo de hoje eu e a nutricionista vegana, Ale Luglio, tiramos várias dúvidas de nutrição dos assinantes do canal BemStar! Confira lá!!

 

 

Até!!

 

Sobre o autor

Marcio Atalla é professor de educação física, com pós-graduação em nutrição pela USP (Universidade de São Paulo). Depois de muitos anos como preparador físico de atletas de alto rendimento, passou a desenvolver uma série de iniciativas na mídia para incentivar a população a levar uma vida mais saudável. É autor de três livros, entre eles, “Sua Vida em Movimento” (ed. Paralela), com mais de 50 mil cópias vendidas.

Sobre o blog

Dicas simples e muito eficazes para você ajustar seu estilo de vida aos poucos, começando a se movimentar mais e a fazer melhores escolhas alimentares. Detalhe fundamental: todas baseadas em estudos, sem espaço para mitos e modismos que sempre surgem quando o assunto é saúde e bem-estar.