Topo
Blog do Marcio Atalla

Blog do Marcio Atalla

Categorias

Histórico

Mais difícil que perder, é manter o peso perdido

Marcio Atalla

21/03/2019 04h00

Crédito: iStock

Muitas pessoas querem emagrecer, e querem pra ontem. Seus esforços para alcançar o peso, que consideram ideal, são muitos, e por vezes, fogem completamente ao padrão de comportamento ao qual estavam acostumadas. São mudanças radicais, de atividade física, de alimentação, de vida social. Manter as mudanças por muito tempo, quando as mesmas acontecem da noite pro dia, é mais difícil. E se a pessoa consegue perder muito peso num curto espaço de tempo, fica ainda mais difícil.

Além disso, nosso corpo entende essa mudança severa de atitude como uma privação, como um sofrimento, afinal a pessoa manteve um padrão e um peso corporal por bastante tempo em um patamar e de repente tudo muda. O sinal vermelho acende e varias reações em seu corpo passam a fazer com que se economize energia, para que se possa "sobreviver" a esse período de privação.

Uma pesquisa feita recentemente pela Universidade de São Paulo, mostra exatamente isso. Uma das adaptações que acontece é a diminuição da produção do GH, hormônio de crescimento, que por sua vez reduz o ritmo metabólico. Péssima notícia para quem quer emagrecer…

Por isso, a cada 10 pessoas que tenta uma dieta severa, cerca de 80% delas, depois de 6 meses, recupera, ou ate mesmo, ganha ainda mais peso que o anterior à dieta. O corpo entende isso como uma agressão e para se proteger inicia uma serie de reações químicas a fim de nos levar ao padrão anterior.

Então, não adianta fazer dieta, fazer atividade física, mudar o estilo de vida? Ou seja, uma vez que a pessoa engordou, ela jamais vai conseguir emagrecer? Ou uma pessoa que sempre foi acima do peso nunca vai conseguir emagrecer? Claro que adianta sim, que as pessoas podem sim, mudar seu comportamento, seus hábitos e conseguir ganhar saúde e perder peso. Mas, se essa mudança não for feita de forma lenta e progressiva, o corpo sempre vai entender que está sendo agredido e que precisa se defender. Quando a mudança é feita gradativamente, o corpo aceita como novo padrão, e faz as adaptações lentamente, procurando se adaptar aos novos hábitos e estímulos.

No vídeo de hoje do Canal BemStar converso com a fisioterapeuta Bruna, e vamos falar sobre dores do dia a dia…. Dá uma conferida!

Até!!

Sobre o autor

Marcio Atalla é professor de educação física, com pós-graduação em nutrição pela USP (Universidade de São Paulo). Depois de muitos anos como preparador físico de atletas de alto rendimento, passou a desenvolver uma série de iniciativas na mídia para incentivar a população a levar uma vida mais saudável. É autor de três livros, entre eles, “Sua Vida em Movimento” (ed. Paralela), com mais de 50 mil cópias vendidas.

Sobre o blog

Dicas simples e muito eficazes para você ajustar seu estilo de vida aos poucos, começando a se movimentar mais e a fazer melhores escolhas alimentares. Detalhe fundamental: todas baseadas em estudos, sem espaço para mitos e modismos que sempre surgem quando o assunto é saúde e bem-estar.