Topo
Blog do Marcio Atalla

Blog do Marcio Atalla

Categorias

Histórico

Obesidade uma hora complica a saúde e deve sempre ser tratada como doença

Marcio Atalla

01/08/2019 04h00

Crédito: iStock

O índice de massa corpórea, conhecido como IMC, é parâmetro adotado pela Organização Mundial de Saúde para calcular o peso ideal de cada pessoa. O IMC é calculado por meio da seguinte fórmula:

Resultado de imagem para imc formula

Quando o IMC está acima de 30, a pessoa é considerada obesa grau I. Quando esse valor ultrapassa a barreira dos 40, trata-se de obesidade mórbida ou obesidade grau III. E como o próprio nome sugere, trata-se de um estado de doença.

No contraponto, há muita mídia que fala equivocadamente o contrário: que as pessoas podem, sim, ter obesidade mórbida, mas serem saudáveis e terem seus exames dentro dos "conformes", sua saúde metabólica em dia. Ok, isso é possível de acontecer, é trata-se de uma exceção, um caso especial. Definitivamente, não é a regra, não é o que acontece com a maioria das pessoas que estão com excesso de gordura corporal. Mesmo para as pessoas que convivem bem com esse quadro e estão, ainda, com a saúde em dia, é preciso tratar o problema com a gravidade que lhe cabe. A obesidade é um fator de risco para uma série de doenças, como hipertensão, diabetes, alguns tipos de câncer e outras.

E, claro, quanto mais tempo a pessoa passa sob essas condições, mais chances ela tem de desenvolver esses problemas, que eventualmente podem levar à morte prematura. Não convém submeter o corpo a situações que efetivamente são prejudiciais à saúde, assim como o sedentarismo e o tabagismo, por exemplo. Quanto mais tempo de cigarro, quanto mais anos sedentários, maiores são os riscos, ainda que em fase inicial não sejam tão representativos.

Para quem não sabe, a gordura é inflamatória. Assim como podemos ver algumas inflamações, como um dedo ou uma orelha inflamados, o mesmo acontece internamente em nosso organismo e não conseguimos ver, nem sentir. O acúmulo de gordura nas células gera vários processos inflamatórios no organismo, porque libera substâncias que ativam o sistema imune, provocando formação de placas de gordura na parede das artérias, que aumentam a coagulação e que tornam as moléculas do colesterol ruim ainda mais densas, o que facilita sua entrada na parede dos vasos sanguíneos.

Vale lembrar que a saúde do aparelho locomotor também é bastante prejudicada com o excesso de peso. Nossos ossos, articulações, a própria locomoção fica dificultada nessa condição. A saúde cardiorrespiratória também sofre com o aumento da pressão arterial, que eleva riscos de infarto e derrame.

Enfim, essa não é uma sentença. Pessoas com sobrepeso ou obesas podem estar bem, se sentirem felizes. Mas, invariavelmente é um quadro que facilita o surgimento de muitas complicações para a saúde. Não se trata de estar gordinho, magrinho, estamos falando de casos extremos, como é a obesidade mórbida. Mas, em todos os casos é sempre bom lembrar que, no caminho para a mudança, estão sempre a atividade física regular e uma alimentação equilibrada, o que invariavelmente levará a pessoa a encontrar mais saúde e qualidade de vida.

E para quem quiser incluir uns agachamentos e abdominais à rotina de exercícios, no vídeo de hoje do Canal BemStar é com as melhores dicas sobre esses dois exercícios!

Até!

 

Sobre o autor

Marcio Atalla é professor de educação física, com pós-graduação em nutrição pela USP (Universidade de São Paulo). Depois de muitos anos como preparador físico de atletas de alto rendimento, passou a desenvolver uma série de iniciativas na mídia para incentivar a população a levar uma vida mais saudável. É autor de três livros, entre eles, “Sua Vida em Movimento” (ed. Paralela), com mais de 50 mil cópias vendidas.

Sobre o blog

Dicas simples e muito eficazes para você ajustar seu estilo de vida aos poucos, começando a se movimentar mais e a fazer melhores escolhas alimentares. Detalhe fundamental: todas baseadas em estudos, sem espaço para mitos e modismos que sempre surgem quando o assunto é saúde e bem-estar.